domingo, setembro 28, 2008

Tão bom morrer de amor e continuar vivendo

Mário Quintana

0 Comentários:

Postar um comentário