quarta-feira, fevereiro 06, 2008

E ecoa-oa-oa-oa-oa...

Não sinto nada. Preciso pelo menos de uma dose de compaixão.

0 Comentários:

Postar um comentário